Quais os tipos de faturamento que você precisa conhecer?

Entender o que é e como funciona o faturamento é essencial para você compreender o atual estado da saúde financeira do seu negócio.

O setor financeiro de uma empresa é cheio de termos técnicos complexos. Não é à toa que muitos gestores acabam se confundindo e trocando informações importantes. Esse erro, porém, pode custar caro.

O conceito de faturamento, por exemplo, costumeiramente é confundido com lucro. Essa confusão não se resume ao campo semântico, mas pode gerar uma onda de dados orçamentários errôneos que levam gestores a tomar más decisões todos os anos.

Dessa forma, fica claro que, por mais “básico” que um conceito possa soar, é importante aprendê-lo da forma mais completa possível.

Com isso, você não só ganha clareza de informação para tomar decisões na sua empresa, mas fica apto para planejar e lidar com o imprevisto de forma mais eficiente. Está pronto para aprender?

Neste artigo, você verá:

O que é faturamento?

Os dois tipos de faturamento

A diferença entre faturamento e lucro

Dicas para aumentar o faturamento (e o lucro) da sua empresa

O que é faturamento?

O faturamento é definido como a soma financeira obtida com todos os produtos vendidos e/ou serviços ofertados pela empresa dentro um determinado período de tempo.

Em outras palavras, trata-se de todo dinheiro que entra no caixa da empresa em decorrência de sua atividade comercial, seja ela a venda de produtos ou a prestação de serviços.

Para termos um exemplo: digamos que sua empresa vendeu 500 unidades de um produto ao preço de R$10,00 durante um mês. Qual o faturamento do período? Basta multiplicar o preço de venda do produto pelo número de unidades vendidas. No caso, temos:

500 x 10 = 5.000

Logo, o faturamento do período foi de R$5.000,00. Mas afinal, como determinar se isso é bom ou mau? Afinal, faturar mais é necessariamente um sinal de saúde financeira?

Para responder essas questões, é preciso entender que não existe apenas um tipo de faturamento. Além disso, é necessário observar o contexto de cada empresa. Vamos entender isso melhor?

Os dois tipos de faturamento

Antes de discernir os dois tipos de faturamento, é preciso que entendamos que o faturamento é, de forma geral, uma medida, isto é, uma informação.

Sozinho, ele pode não contar muita coisa, mas dentro do contexto da empresa e dos dados levantados, várias respostas podem surgir. Sendo assim, entendê-lo é apenas o primeiro passo para que você possa fazer um bom planejamento financeiro.

Para isso, vamos entender agora quais são os dois tipos de faturamento e as suas diferenças.

Faturamento bruto

Uma pedra bruta é um minério em seu estado mais rústico. Pesada e com muitas informações, ela tem o seu valor, mas fica ainda melhor quando é lapidada. A mesma forma acontece com o faturamento.

A princípio, o faturamento se mostra em seu estado bruto. Ele considera apenas o dinheiro que entra no caixa da empresa.

Sendo assim, o faturamento bruto segue a conta simples que apresentamos antes: você deve multiplicar o preço do produto vendido pelo volume de vendas. Você repetirá o processo com cada um dos produtos e/ou serviços ofertados.

No fim, você fará a soma, que resultará no faturamento bruto da sua empresa. Quanto mais melhor, certo? Não necessariamente, mas você entenderá isso a seguir.

Faturamento líquido

O faturamento líquido pode ser representado pela pedra lapidada. Ele é, na prática, o faturamento bruto menos as deduções de vendas e impostos cobrados sobre as operações.

Aqui, consideramos deduções de vendas os contratos cancelados e/ou produtos devolvidos. Ao mesmo tempo, os impostos são definidos pelo regime tributário da empresa e a taxa relacionada a cada operação feita.

Imagine, em um exemplo simples, que você tem um salão de beleza. Nele, corta-se o cabelo por R$10,00. Caso você tenha realizado dez serviços de corte ao longo do mês, pode-se inferir que a empresa teve o faturamento bruto de R$100,00.

Porém, o faturamento líquido deverá levar em consideração os impostos. Digamos que você pague uma taxa de 6% em impostos. Fazendo uma conta rápida, descobrimos que você deverá pagar R$6,00 em impostos.

Deduzindo os impostos do faturamento bruto, chegamos ao faturamento líquido de seu empreendimento: R$94,00.

A diferença entre faturamento e lucro

Outra confusão bastante comum que os gestores fazem é a de confundir faturamento com lucro. Você já entendeu exatamente o que é faturamento, além dos dois tipos que existem. Mas o que é lucro, afinal?

Lucro é a soma de todos os ganhos da empresa em determinado futuro, deduzindo-se todos os gastos.

Vale lembrar que o faturamento líquido subtrai o valor de deduções de vendas e impostos cobrados sobre a operação. No entanto, o lucro vai mais além, subtraindo os outros gastos da empresa.

Dessa forma, é possível (e até comum) que sua empresa tenha um alto faturamento, mas com um lucro baixíssimo. É aquilo que já falamos: o faturamento é importante, mas deve ser observado dentro de um contexto maior.

Dicas para aumentar o faturamento (e o lucro) da sua empresa

Que tal agora ver dicas práticas para elevar o faturamento do seu negócio? Além disso, preste atenção: algumas dicas vão te ajudar a aumentar o lucro também. Vamos nessa?

Faça um diagnóstico verdadeiro de sua empresa

O diagnóstico empresarial é uma ferramenta essencial para conhecer o seu negócio e, a partir disso, tomar decisões conscientes.

Caso você não conheça sua própria empresa, será impossível tomar qualquer atitude que seja benéfica ao negócio. O diagnóstico empresarial é o primeiro passo para você ter esse conhecimento.

A Plena pode te ajudar nisso! Clique aqui e saiba mais!

Tenha um controle claro de seus custos e despesas

Você precisa de ferramentas que facilitem a visualização da área financeira do seu negócio (além das outras áreas também). Nesse quesito, clique aqui para conhecer a Omie!

Com isso, você pode optar onde fazer cortes (elevando o lucro), ou onde investir para faturar ainda mais.

Fortaleça seu marketing

Não há negócio que sobreviva sem um bom plano de marketing. Esse é um investimento que elevará não só o faturamento, mas tem o potencial aumentar a lucratividade do seu negócio!

Quer descobrir mais formas de acompanhar e auxiliar sua empresa na questão do faturamento? Conheça 4 indicadores de desempenho que podem te ajudar!

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Rolar para cima