Home Office: O que é e como fazer da melhor forma

O Home Office não é exatamente uma novidade, mas se tornou verdadeiramente popular em decorrência da pandemia. Entendê-lo pode ajudar sua empresa a produzir ainda mais!

Apesar de já ter sido utilizado anteriormente por algumas empresas, o Home Office só foi ter seu alcance ampliado durante a pandemia que se iniciou no princípio de 2020.

Mais comum em algumas áreas que em outras, o Home Office levanta esperança e desconfiança ao mesmo tempo. Alguns acreditam que é uma nova forma (e definitiva) de trabalhar. Outros, porém, enxergam como um inibidor da plena produtividade.

Entre verdades e achismos, a única certeza é que o modelo Home Office veio para ficar. Sendo assim, entendê-lo torna-se uma obrigação para poder extrair o melhor da modalidade, potencializando os resultados da sua empresa e da sua equipe.

Neste artigo, você verá:

O que é Home Office?

As vantagens do Home Office

Os cuidados com o Home Office

Como fazer o Home Office funcionar na empresa?

O que é Home Office?

Home Office pode ser traduzido de forma literal como “escritório em casa”. É, na prática, aquilo que chamamos de trabalho remoto, trabalho à distância ou até mesmo teletrabalho.

Nele, o funcionário pode contribuir para a empresa com o seu trabalho independente do espaço em que está alocado.

Necessitando apenas de equipamentos básicos (computador, telefone, entre outros), o colaborador pode realizar suas atividades mesmo estando fora do ambiente de trabalho tradicional.

Mesmo antes da pandemia, era uma tendência em crescimento constante, sendo cada vez mais uma modalidade adotada pelas empresas.

Com o início da pandemia, o modelo de Home Office deixou de ser uma opção e passou a se tornar uma necessidade para muitos empreendimentos.

As vantagens do Home Office

Mesmo com sua adoção ao redor do mundo, ainda há quem questione a eficiência do Home Office. Para algumas pessoas, esse modelo não parece eficiente, havendo um agravante pela distância física entre os funcionários e o líder.

Tal pensamento, porém, mostra-se infundado. Em pesquisas coordenadas por Nicholas Bloom, constatou-se que os funcionários costumam ter um aumento da produtividade quando atuam em Home Office.

Além disso, essa modalidade de trabalho também reduziu o número de doenças nos funcionários, fazendo com que as empresas pudessem reduzir despesas em relação aos funcionários que trabalham presencialmente.

Essa economia pode chegar a até 50% quando comparada com os gastos com funcionários que atuam presencialmente.

Isso também ocorre graças à redução dos custos operacionais da empresa, pois no Home Office ela não precisa manter todos trabalhando no mesmo espaço. Isso, porém, não quer dizer que o gestor está livre de obrigações.

Os colaboradores que trabalham em casa precisam ter os equipamentos necessários para realizar seus trabalhos com eficácia, o que pode incluir computadores, telefones, entre outros.

Vale dizer, no entanto, que quando tem-se a estrutura e os equipamentos necessários, os funcionários em Home Office também costumam ter um maior nível de satisfação do que aqueles que trabalham nos escritórios das empresas.

Com isso, o Home Office tem o potencial de trazer uma vantagem dupla: além de garantir melhores resultados para a empresa e auxiliar o financeiro, ele também traz conforto e produtividade aos colaboradores.

Os cuidados com o Home Office

Apesar de todas as vantagens já apresentadas, o modelo de trabalho Home Office inspira alguns cuidados. É importante conhecê-los pois, quando se é ignorante, pode-se perder todas as vantagens.

A primeira coisa que devemos prestar atenção é no novo ambiente de trabalho montado. Muitas pessoas sofrem por viver em um espaço barulhento e com pouca privacidade.

Pode ser a vizinhança, os filhos ou outro fatores. Porém, tudo isso pode afetar diretamente o desempenho do funcionário em questão. Sem um espaço para concentração, a execução dos trabalhos fica prejudicada.

Além disso, a distância física pode trazer alguns desafios adicionais. Por exemplo, problemas técnicos com a internet podem demorar mais a serem consertados.

O Home Office também se torna especialmente exigente no que tange a flexibilidade do funcionário e da empresa, precisando tomar decisões importantes e estando pronto para assumir novas funções conforme a necessidade.

Isso é ressaltado pela exigência de disciplina e um cronograma para a realização de tarefas. Por isso, o gestor precisa ter confiança no funcionário que irá trabalhar em casa. Sem isso, não há incentivo que funcione.

Por último, mas não menos importante, é importante ver o que a lei diz sobre o Home Office. A Lei Nº 13.467 foca neste tema, deixando claro o que é obrigação da empresa e do funcionário.

Como fazer o Home Office funcionar na empresa?

A grande questão que fica é: quais os pilares básicos para aplicar o Home Office na prática?

Existe, na prática, um tripé essencial para sustentar o Home Office da melhor forma possível. Todas as outras qualidades e vantagens advém da existência do tripé. Vamos entendê-lo agora!

  1. Cultura da empresa e valores

Antes de qualquer coisa, o negócio precisa ter uma cultura e um conjunto de valores que estimulem a autonomia e a proatividade. Com isso, os colaboradores não se sentem apenas responsáveis, mas também aptos para agirem em prol da empresa.

Com tais elementos bem definidos, a implementação do Home Office e dos pilares seguintes acontece de forma muito mais tranquila.

  1. Regras claras

Mesmo em empresas mais liberais, é necessário haver um conjunto claro de regras. Da mesma forma, o Home Office deve ter suas delimitações claras, de forma que todas as partes entendam facilmente.

Com isso, tanto empresa como funcionário terão noção dos caminhos que podem traçar, assim como seus limites. Sem regras, a perda de controle é inevitável e a produtividade despenca.

  1. Comunicação

Não existe Home Office de qualidade sem uma boa comunicação empresarial. Isso inclui o investimento em plataformas de comunicação interna, assim como as típicas regras de clareza e respeito.

Nesse ponto, as questões técnicas de comunicação se somam a empatia e outras características que marcam uma comunicação de qualidade. Tudo isso é essencial para o pleno funcionamento do Home Office.

Está pensando em adotar o modelo Home Office na sua empresa? O brainstorming é uma técnica que pode te ajudar a ter as melhores ideias para essa nova fase do seu negócio. Clique aqui e entenda!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Rolar para cima