Espaço de trabalho: A importância de um ambiente confortável para a empresa

O ambiente físico e social do trabalho tem influência direta nos resultados de sua empresa. Entenda isso agora!

Com o advento da vacina contra o Covid-19, muitas empresas estão deixando o home office de lado e trazendo os seus funcionários de volta aos escritórios. Esse movimento tem as suas vantagens, mas não deve ser feito de qualquer forma.

Como visto em pesquisas, a produtividade em home office se mostrou bastante elevada, mas trouxe consigo uma queda no bem-estar. Isso ocorreu por uma série de fatores, mas um deles não pode ser ignorado: o espaço físico.

Sendo assim, as empresas que estão trazendo seus funcionários de volta ao trabalho nos moldes tradicionais precisam estar atentas. Além de pensar em formas de liderança que sejam adequadas, também é importante pensar sobre o ambiente que é criado na empresa.

De acordo com as condições propostas, os resultados podem ser muito diferentes. A produtividade pode aumentar ou cair, o bem-estar pode sofrer oscilações e até mesmo as relações no trabalho podem ser afetadas.

Por todos esses motivos, entender como melhorar o ambiente de trabalho é essencial, seja em sua faceta física como psicológica. Quer entender melhor essa questão? Prossiga a leitura e saiba mais!

Neste artigo, você verá:

O que define o ambiente de trabalho?

Como ter um bom espaço de trabalho?

O que define o ambiente de trabalho?

Há quem enxergue o ambiente de trabalho como apenas o espaço físico. No entanto, esse espaço também é marcado por questões psicológicas, emocionais e sociais, de maneira que há um pouco de tudo nessa mistura.

Para facilitar a compreensão, iremos fazer uma divisão entre o espaço físico e o espaço psicológico, de maneira a explorar as duas questões de maneira mais clara.

O espaço físico do ambiente de trabalho

O espaço físico se refere a tudo que pode ser sentido através dos cinco sentidos, de maneira a afetar diretamente a saúde física do funcionário, além de sua produtividade.

Imagine, por exemplo, um escritório de um jornal cujas cadeiras são desconfortáveis e provocam dores aos funcionários. Naturalmente, será mais difícil escrever, revisar e fazer trabalhos gerais com tamanha dor. Esse é um exemplo da influência do espaço físico.

Toda essa influência, porém, não para aí. Ela também pode se manifestar na temperatura, podendo incomodar a equipe, ou mesmo na arquitetura do ambiente, dificultando o deslocamento de um setor para o outro.

Independente de sua especificidade, os desafios do espaço físico no ambiente de trabalho são como curvas em uma pista: podem ser superados, mas consomem um tempo valioso.

Por isso, é sempre importante pensar em soluções para essas questões. Voltando ao exemplo do jornal, caberia a administração comprar uma mobília mais adequada aos colaboradores, de maneira a garantir mais conforto e produtividade.

Dessa forma, você garante que o trabalho possa ser executado sem gargalos físicos, permitindo que os processos tenham continuidade e eficiência.

O espaço psicológico do ambiente de trabalho

O espaço psicológico, ao contrário do físico, foca-se nos impactos emocionais gerados pelo ambiente de trabalho. Sendo assim, ele não vai tratar da arquitetura ou temperatura do espaço físico, mas das relações existentes, da liderança exercida, etc.

Sendo assim, um bom espaço físico pode apresentar gargalos de ordem emocional. Voltando ao exemplo dado sobre o jornal. Imagine que a nova mobília chegou e ela é extremamente confortável, facilitando todo o trabalho.

Porém, achando que só isso era o suficiente, os gestores decidiram colocar metas impossíveis de serem alcançadas. Ainda assim, sob tanta pressão, os funcionários tentam bater as metas e, ao falharem, caem num vórtex de frustração.

Toda essa frustração faz com que os gestores criem outras metas que acabam criando mais pressão. Com a produtividade reduzida e uma frustração crescente, os desgastes internos só aumentam, fazendo com que o jornal caminhe rumo à ruína.

Como você pode ver, o espaço psicológico é tão importante quanto o físico, sendo necessário ser observado com atenção.

Com isso em mente, pergunte-se: como a liderança se comporta na sua empresa? Há incentivos para o trabalho em equipe e boas relações na empresa? Há muita competitividade interna? Há espaço para flexibilidade?

A partir dessas questões será possível visualizar parcialmente o estado do espaço psicológico da sua empresa. Para ter um vislumbre completo, é necessário dialogar com os colaboradores e promover uma comunicação empresarial com foco na clareza.

Como ter um bom espaço de trabalho?

Agora que você entende os diferentes espaços existentes dentro do ambiente de trabalho, fica a dúvida: como fazer com que esses espaços tenham a maior qualidade possível?

Primeiramente, no que tange o espaço físico, a resposta é um pouco mais óbvia: você precisa ouvir os funcionários e entender suas dores e gargalos na hora de realizar o trabalho.

Fazer reformas no ambiente de trabalho pode não ser barato, mas na verdade trata-se de um investimento que você faz em seu negócio. No fim, negar esse tipo de intervenção pode sair muito mais caro.

Porém, há um desafio maior que a intervenção física: compreender os problemas existentes no plano psicológico da empresa. Tais problemas estão quase sempre ligados a questões de comunicação e é exatamente por aí que devemos começar a buscar soluções.

Primeiramente, deve-se desenvolver uma cultura na empresa que incentive o feedback de qualidade, de maneira que os colaboradores sintam-se livres para se expressar e indicar pontos de melhorias na equipe.

Fazendo da forma certa, até mesmo o gestor receberá críticas construtivas, podendo tirar proveito de todas essas informações para fazer reformulações na maneira que a empresa funciona, tornando-a mais acolhedora e produtiva, alinhando eficácia e humanidade.

Por isso, a criação de um ambiente de trabalho saudável começa desde a fundação da empresa, no lento e constante desenvolvimento de uma cultura que promove boas relações e muita honestidade.

Mas e a sua empresa, ela apresenta um bom espaço de trabalho? Você precisará implementar mudanças, reformas ou mesmo novas atitudes? Como se dão os relacionamentos dentro do ambiente de trabalho?

Independente da decisão a ser tomada, o setor de Recursos Humanos pode ajudar muito. Clique aqui e saiba mais agora!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Rolar para cima