Entenda TUDO sobre Gerenciamento de Riscos

Imprevistos acontecem, mas estar preparado para eles pode ser a diferença entre o sucesso ou o fracasso do seu negócio. O Gerenciamento de Riscos vai te ajudar nisso. Entenda!

Mesmo com um planejamento bem feito, nossos negócios não estão livres de imprevistos. Pode ser um fornecedor que não cumpre uma data, um equipamento que não funciona bem, um erro dos colaboradores, entre outros.

Independente do que seja, tais imprevistos acabam bagunçando o cronograma da empresa e muitas vezes exigem que os gestores façam novos planejamentos.

Isso afeta diretamente o orçamento como novos gastos e custos extras, potencialmente danificando a estabilidade do negócio.

Para piorar, em projetos de grande escopo, tais imprevistos podem causar problemas insolúveis, exigindo que se comece tudo de novo ou mesmo que se tenha que pensar em outro projeto.

Independente do problema, o fato é que você não pode simplesmente esperar que tudo ocorra como planejado. Na verdade, todo empreendedor precisa saber que ele pode se deparar com imprevistos e riscos.

É nessa hora que o gerenciamento de riscos (também chamado de gestão de risco) entra em jogo.

Ele é a chave para que você deixe seu negócio ou projeto pronto para imprevistos, tendo soluções para as mais diversas situações e permitindo uma flexibilidade essencial para a sobrevivência de qualquer empresa.

Neste artigo, você verá:

O que é Gerenciamento de Riscos?

O que é risco?

Os tipos de risco

Nível de conhecimento

Efeito provocado

Abrangência

O que é Gerenciamento de Riscos?

O Gerenciamento de Riscos se refere a um conjunto de ações coordenadas com o objetivo de mitigar riscos ou ameaças a uma organização. Sendo assim, trata-se de um trabalho de prevenção.

Para fazer isso, é necessário utilizar-se de variados recursos para se antever diante de possíveis ameaças. Entre esses recursos, está a aplicação de planejamento, bom uso dos Recursos Humanos e uma atenta observação do ambiente interno e externo.

No entanto, alguns riscos podem não ser previstos. Nesse sentido, a gestão de riscos também age de forma dinâmica, tentando solucionar qualquer problema que possa surgir no meio do caminho.

De forma mais específica, o Gerenciamento de Riscos atua lado a lado com a Gestão de Projetos, possibilitando que eles sejam executados sem surpresas desagradáveis.

Além disso, as ações mitigadoras de risco também servem para otimizar processos e ações que possam dar mais segurança e resultados positivos para a empresa.

O que é risco?

Mas afinal, estamos gerindo o quê? Qual a definição de risco no contexto empresarial?

De forma geral, o risco representa um evento incerto que, caso ocorra, provocará certo impacto em determinado objetivo ou projeto. Esse impacto, no entanto, não é necessariamente negativo.

Na verdade, classificar o risco é um dos trabalhos do gestor de riscos. Diferentemente do que você pode pensar, o risco não se resume a algo que pode dar de errado. Pelo contrário: tudo na gestão envolve detalhamento e compreensão.

Dessa forma, existe um sistema de classificação para que os colaboradores possam entender os possíveis riscos existentes em algum projeto. Essa classificação envolve três pontos distintos. São eles:

  • Nível de conhecimento;
  • Efeito provocado;
  • Abrangência.

A partir dessas três classificações, o gestor pode entender de forma mais clara com quais desafios ou oportunidades ele poderá ter que lidar.

Os tipos de risco

Como falamos logo acima, os riscos são classificados a partir de três atributos. Eles farão você entender exatamente com o que sua empresa pode precisar lidar. No entanto, tais atributos não são genéricos.

Na verdade, cada um deles se divide em novas classificações, permitindo uma maior especificidade na compreensão da situação. Dessa forma, o Gerenciamento de Riscos consegue ser ainda mais claro no entendimento das informações.

Nível de conhecimento

O princípio de tudo: o gerente de projetos tem noção da existência do risco? Caso a resposta seja positiva, o risco deve ser classificado como conhecido. Caso o contrário, ele é desconhecido.

Mas afinal, como ter noção sobre possíveis riscos se eles são desconhecidos? Isso ocorre por conta do custo de tempo e dinheiro que envolve adquirir informação. Muitas vezes, o tempo investido em averiguar riscos não compensa.

Dessa forma, talvez alguns riscos fiquem no campo do desconhecido, mas isso não quer dizer que o gestor seja ignorante sobre a possibilidade deles, mas que apenas decidiu investir o tempo e a prioridade em outros possivelmente mais importantes.

Efeito provocado

Como já dizemos, nem todos os riscos terão efeitos negativos. Na verdade, um evento incerto pode às vezes trazer vantagens para um projeto ou facilitar o cumprimento de uma meta.

Sendo assim, o efeito provocado pode ser negativo ou positivo.

Efeitos negativos representam possíveis ameaças e danos ao projeto ou ao cumprimento das metas da empresa. Podem acarretar em atrasos, gastos adicionais ou mesmo no deterioramento da relação entre a empresa e os clientes.

Exigem, dessa forma, uma atenção especial, necessitando que hajam medidas capazes de mitigar tais riscos e evitar maiores perdas caso o evento incerto se concretize.

Os efeitos positivos, por outro lado, representam as oportunidades que podem surgir no meio do caminho. Pode ser um desconto inesperado, um projeto que é entregue com antecedência ou o desempenho acima da média de um colaborador.

Seja o que for, riscos de efeitos positivos são surpresas que você quer para sua empresa, pois trazem diversas benesses. Ter conhecimento dessas possibilidades pode te ajudar a preparar sua empresa para aproveitá-las assim que as oportunidades surgirem.

Abrangência

Abrangência se refere a quanto do projeto pode ser afetado por um risco. Se apenas uma pequena parte ou processo será afetado, então classificamos como risco individual. Caso o risco interfira em todo o projeto, ele é considerado um risco geral.

Naturalmente, riscos individuais exigem atenção a partes mais específicas, algo que já tratamos no nosso artigo sobre Especialização do trabalho.

Por outro lado, riscos gerais afetam todo o projeto, necessitando ações mais generalistas por parte da equipe, de forma que o pior seja evitado e o melhor aproveitado.

Quer ter ainda mais facilidade para fazer o Gerenciamento de Riscos na sua empresa? A Metodologia Scrum pode te ajudar a entender ainda mais seus processos. Clique aqui e saiba mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Rolar para cima